Em 2009, sem chorumelas!

Há meses li um post no blog de Guerrilha e fiquei tentado a colocá-lo aqui, mas esperei o momento certo. Bom, esse momento chegou. Hoje saio e férias e desligarei o celular e não pretendo olhar emails tão cedo. Infelizmente, um pouco chateado com a falta de ética, responsabilidade e respeito entre alguns forcecedores e clientes, mas com uma certeza: a lição foi aprendida e em 2009 muitas coisas vão mudar.

Colocarei apenas um trecho deste texto que expressa exatamente como me sinto no momento com todas as palavras. Por favor, leiam! o texto completo está aqui.

Eu sou uma prostituta, não faço por amor.

Todo mundo diz que nosso mercado está prostituído. Eu penso diferente, acho que nosso mercado é uma adolescente procurando o príncipe encantado.

Aqui na agência cobramos para trabalhar. É óbvio? Nem tanto. Ainda existe cliente que exclama: o quê!? eu tenho que pagar para vocês desenvolverem um plano de guerrilha para o meu briefing?

Sim, nós cobramos para trabalhar. Da mesma forma que o costureiro que fez a cortina da sua casa cobrou um sinal, semvocê saber se ela ficaria bonita ou não. Da mesma forma que seu advogado cobrou ganhando ou perdendo a causa. Da mesma forma que você cobra do seu empregador (e você cobra até sem trabalhar nos seus merecidos 30 dias de férias). Da mesma forma que uma prostituta cobra antes de tirar a roupa.

Todos estes profissionais são prestadores de serviço e cobram para trabalhar. E por venderem algo intangível, a sua expertise, existe o risco de dar certo ou errado. O risco de você gostar ou não do resultado. O risco de ser bom pra você ou de você brochar.  Para diminuir o risco, o contratante avalia as credenciais do fornecedor. Avalia se os serviços semelhantes que o fornecedor já fez estão adequados às suas expectativas. Não tem jeito, estamos falando de serviço e não de produto de prateleira com etiqueta de preço.”

Fonte: Blog de Guerrilha

Faça um orçamento sem compromisso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *